6 dicas para evitar acidentes na estrada com veículos agrícolas

Equipa editorial|4 Minutos de leitura

A circulação de tratores na estrada envolve certos riscos, tanto para o condutor como para os outros veículos. Para os minimizar, é importante ter em conta uma série de elementos essenciais, quer conhecê-los?


1-Luzes e sinalização

Um dos principais pontos a ter em conta para uma condução segura, é assegurar uma boa visibilidade, tanto para facilitar a própria condução do condutor como para tornar o veículo visível aos outros condutores. Isto requer uma manutenção adequada da iluminação e da sinalização ou placas.

Iluminação

Antes de arrancar com um trator ou veículo agrícola, é necessário verificar se todas as luzes de iluminação e de sinalização estão a funcionar corretamente: luz de presença dianteira e de retaguarda, sinal de emergência, luz de curto e longo alcance (mínimos e máximos), luz da chapa de matrícula da retaguarda, luz de nevoeiro, luz de estacionamento, luz de trabalho, luz de marcha atrás, luz de travagem, luzes interiores, catadióptricos (refletores) e indicadores de mudança de direção.

Na Kramp pode encontrar a gama completa de luzes.

Sinalização

Os veículos a motor que, em razão do serviço a que se destinam, devam parar na via pública ou deslocar-se em marcha lenta, incluindo os tratores e máquinas agrícolas ou florestais e as máquinas industriais, devem estar equipados com avisadores luminosos especiais, cujas características e condições de utilização são fixadas em regulamento, devendo os seus condutores deles fazer uso.

Panel S2

Os tractores agrícolas e seus reboques, e as máquinas, automatrizes ou rebocadas, devem possuir à retaguarda do veículo ou do conjunto um painel do modelo S2, de cor vermelho fluorescente no fundo e vermelho reflector nas partes laterais, destinado a assinalar que a velocidade máxima autorizada do veículo é de 40 km/h (marcha lenta). Nota: o painel deve ser colocado na retaguarda do veículo ou conjunto de veículos, não podendo prejudicar a visibilidade da sua iluminação obrigatória.

2-Cinto de segurança

Embora não seja obrigatório, é sempre uma vantagem ter esta medida para proteger contra qualquer impacto que possa surgir.


3- Proteção em caso de capotagem

O condutor de trator ou máquina agrícola ou florestal deve assegurar-se de que a estrutura de proteção em caso de capotagem se encontra instalada, caso se trate de estrutura amovível, ou que a mesma se encontra erguida em posição de serviço, caso se trate de estrutura rebatível.


4- Distâncias de circulação

Fora das localidades, em vias cuja faixa de rodagem só tenha uma via de trânsito afeta a cada sentido, os condutores de automóveis pesados, de veículos agrícolas, de máquinas industriais, de veículos de tração animal ou de outros veículos, com exceção dos velocípedes, que transitem em marcha lenta devem manter em relação aos veículos que os precedem uma distância não inferior a 50 m que permita a sua ultrapassagem com segurança. E nas autoestradas e respetivos acessos, é proibido o trânsito de veículos agrícolas.


5-    Manobras prudentes

A lentidão dos veículos agrícolas é também um grande problema no que toca à realização de manobras na estrada. Para evitar quaisquer acidentes a este respeito, é muito importante ter uma visibilidade total da área antes de o fazer. O bom ajuste dos espelhos retrovisores é de importância vital.


6-    Ter uma extrema cautela com ciclistas e peões

Outro grande problema da condução na berma da estrada, é que esta parte da estrada não é utilizada exclusivamente para este tipo de veículo, mas é também partilhada com peões e ciclistas. É, portanto, necessário ter muito cuidado, especialmente em áreas de curvas ou zonas próximas das cidades.


Informação obtida da página oficial da Direção-Geral de Agricultura e Desenvolvimento Rural.


Ainda tem perguntas?

Contacte um especialista em produtos Kramp ou contacte-nos através de knowledgecenter@kramp.com.

Partilhar
Equipa editorial

Escrito por

Equipa editorialknowledgecenter@kramp.com